Estadão.com.br
‹ Ir para edição atual

Busca avançada





  • Edição 97
  • Edição 96
  • Edição 95
  • Edição 94
  • Edição 93
  • Edição 92
  • Edição 91
  • Edição 90
  • Edição 89
  • Edição 88
  • Edição 87
  • Edição 86
  • Edição 85
  • Edição 84
  • Edição 83
  • Edição 82
  • Edição 81
  • Edição 80
  • Edição 79
  • Edição 78
  • Edição 77
  • Edição 76
  • Edição 75
  • Edição 74
  • Edição 73
  • Edição 72
  • Edição 71
  • Edição 70
  • Edição 69
  • Edição 68
  • Edição 67
  • Edição 66
  • Edição 65
  • Edição 64
  • Edição 63
  • Edição 62
  • Edição 61
  • Edição 60
  • Edição 59
  • Edição 58
  • Edição 57
  • Edição 56
  • Edição 55
  • Edição 54
  • Edição 53
  • Edição 52
  • Edição 51
  • Edição 50
  • Edição 49
  • Edição 48
  • Edição 47
  • Edição 46
  • Edição 45
  • Edição 44
  • Edição 43
  • Edição 42
  • Edição 41
  • Edição 40
  • Edição 39
  • Edição 38
  • Edição 37
  • Edição 36
  • Edição 35
  • Edição 34
  • Edição 33
  • Edição 32
  • Edição 31
  • Edição 30
  • Edição 29
  • Edição 28
  • Edição 27
  • Edição 26
  • Edição 25
  • Edição 24
  • Edição 23
  • Edição 22
  • Edição 21
  • Edição 20
  • Edição 19
  • Edição 18
  • Edição 17
  • Edição 16
  • Edição 15
  • Edição 14
  • Edição 13
  • Edição 12
  • Edição 11
  • Edição 10
  • Edição 9
  • Edição 8
  • Edição 7
  • Edição 6
  • Edição 5
  • Edição 4
  • Edição 3
  • Edição 2
  • Edição 1
  • Edição 0


Edição_4 > Janeiro de 2007

_dossiê

De maiô, rumo à Antártida

De maiô, rumo à Antártida

Brrrr! A temperatura estava zero grau e a praia ficava a 2 km de distância

_diário

Gatinha, você está editada!

Gatinha, você está editada!

Uma atriz entre um musical e testes para comerciais


_esquina

"Código 13... vários!"

A marcha de zumbis em Porto Alegre

_dança de salão

A São Silvestre do Ziriguidum

Uma maratona de samba em São Paulo

_perfil

Diamante nacional refinado

Aos 85 anos e viúva, Lily Marinho descobre que gosta mais de Tocantins que de Paris

_ecologia

E aí vem o aí: a preguiça

É isso aí, aí: o professor Burp nos apresenta a preguiça, um animal que poupa esforços

_esquina

Ferreira Gullar, impostor

Falsário Ferreira Gullar

_tribuna livre

Hegemonia às avessas

Assim como na África do Sul pós-apartheid, no Brasil de Lula o governo dos dominados garante a exploração

_horóscopo

Horóscopo por Chantecler

O céu de janeiro para quem acredita

_poesia

Lampejos históricos e pataphysicos

A evolução das espécies já é o começo da luta de classes.

_vidas literárias

Marcel Proust

Marcel Proust montou um bordel gay em Paris para espionar os fregueses

_o estado e adjacências

O achador-geral da República

O obscuro funcionário que procura o patrimônio roubado ou perdido durante as privatizações

_esquina

O Pan vem aí

Expectativas para o Pan do Rio

_questões linguísticas

O verbo na alma da selva

Os pesquisadores que passam a vida tentando salvar idiomas falados por meia-dúzia de índios 

_esquina

Parabéns pra você

Como comemorar o aniversário cansando os convidados

_ficção

Peixinhos, peixões

A senhorita gorda chorava sem parar, até que a pescaria mudou subitamente de rumo

_portfólio

Portugal na Era Atômica

Os pesquisadores que passam a vida tentando salvar idiomas falados por meia-dúzia de índios

_esquina

Rock in Pyongyang

A Coréia do Norte prepara um festival de rock

_literatura

Sangue ou um questionamento sobre 'As 1001 Noites'

Subversões nas histórias intermináveis de Sherazade em As Mil e Uma Noites

_esquina

Sangue, suor e rímel

Um campeonato de vale-tudo gay em Belém

_esquina

Uma história de amor

Uma história de amor que acaba num casamento coletivo

_dossiê

A vida fora d´água é bem difícil

Os desafios do brasileiro que de uma só nadada foi e voltou no Canal da Mancha

_chegada

Dois partos para Arthur

Como o bebê Arthur nasceu duas vezes num intervalo de 125 dias

_despedida

Em família tudo se sabe

A partida tardia do general Pinochet

_dossiê

No mar de Copacabana não tem Leviatã

Depois da Travessia dos Fortes, os participantes se reconheciam e se cumprimentavam

_criações diabólicas

O inventor da caixinha de CD chega ao inferno

As portas flamejantes do Inferno se abriram de par em par e o inventor da embalagem do CD se integrou à diabólica fanfarronada.

_dossiê

O último aqualouco

As estripulias do criador de um gênero artístico e acrobático bem brasileiro

_dossiê

Por que adoro nadar

Como meu pai, quero dar braçadas até os 94 anos e então morrer

  • RSS
Visite a página da revista piauí no Orkut