Chegamos a cogitar a implantação de uma UPP na redação da piauípara dar conta da avalanche de 882 participações recebidas no mês de janeiro. Justo quando pensávamos em nos dedicar ao merecido ócio, tradicionalmente reservado aos membros do Congresso, nos vimos soterrados pela polidipsia literária dos leitores. Além do volume, fomos surpreendidos pela qualidade. Nunca antes na história da revista leram-se tantos minicontos dignos, no mínimo, de uma Medalha de Mérito Pedro Ernesto.

Veja todas as participações abaixo. Os vencedores, você conhece na piauí_53.

 

22/12

O cara é muito vivo. Reapareceu.

Paulo Junior Dutra Martins

 

25/12

Metaquestão

Perguntou firmemente: - Eu sou inseguro?

Fabio Pomes

 

Aliteração

Nível alto de alta auto-estima.

Fabio Pomes

 

Timidez

Não travava um diálogo. Apenas travava.

Fabio Pomes

 

03/01

Negociação

Um conto de Natal. Só, porra?

Sérgio Carvalho Bandeira de Mello

 

04/01

Inexistência

Existo

desisto

des-existo

ex-isto.

Paulo Fernando Gimenez de Fávari

 

Crônica

Sexta-feira. Engarrafamento.... Calor!!!! Desço. Loira? Gelada!!

Anna Carolina Brochini Nascimento Gomes

 

Posse

Um Rei não mata um Rei.

Leopoldo José Silva Jr

 

05/01

Envelhecer

Seguir em frente, cansaço de si.

José Carneiro Leão Filho

 

Transplante

Transforma, transvive, orgão morto em semente

José Carneiro Leão Filho

 

Corrupção

Sabe demais, ou morre ou cresce.

José Carneiro Leão Filho

 

Teste

- Eu sou virgem!

- Então prova.

Felipe Borges Valério

 

Julgamento

- Qual sua defesa, senhor?

- ... ela gozou.

Felipe Borges Valério

 

Caixão

Será que alguém desligou o feijão?

Felipe Borges Valério

 

Paradoxo

Assassinato cemitério: vítima volta local crime

Adalberto Capelli

 

06/01

Trajan

Trajan. Erraram meu nome de novo.

Ercílio Trajan

 

Maternidade

Um mais um igual a um.

Ana Paula Brandão

 

Terapia

Do cordão umbilical para o umbigo.

Ana Paula Brandão

 

Pretério

Saudade: mais que perfeito. Nostalgia: imperfeito.

Ana Paula Brandão

 

Abate

Ontem ovo. Hoje morro. Amanhã asso.

André Schaer Barbosa

 

Prêmio

Grátis: papel para enrolar peixe.

André Schaer Barbosa

 

Esquecimento

Vizinho morreu? Não. Luz cortada.

André Schaer Barbosa

 

Futebol

Chegou suado. Mas aquelas chuteiras branquinhas...

Mariana Hilgert

 

Paraíso

...e comeram a maçã - sem lavá-la.

Mariana Hilgert

 

Cor

Pai negro, mãe branca. E eu?

Wilson Roberto Moreira Junior

 

Diariamente

Acordo, trabalho, corro e volto.

Wilson Roberto Moreira Junior

 

São

Culturas, poluição, multidão. Parabéns São Paulo!

Wilson Roberto Moreira Junior

 

Tuberculose

Nem tossiu muito.

Tiago Moralles

 

Sorte

Perdeu só uma na roleta russa.

Tiago Moralles

 

Apoio

Prestou os primeiros e últimos socorros.

Tiago Moralles

 

Dejavú

Ano Novo. Vida Nova. Conta outra!

Clarissa Costa Mainardi Miguel de Castro

 

Ininteligível

Pós-Modernismo é exposição para divã.

Clarissa Costa Mainardi Miguel de Castro

 

Chico

Cálice! A Banda Vai Passar!

Clarissa Costa Mainardi Miguel de Castro

 

07/01

Utopia

Lá ninguém obedece. Todos mandam bem.

Luis Roberto de Souza Júnior

 

Jantar

Sempre só. Deglutindo comida e dor.

Luis Roberto de Souza Júnior

 

2111

- Mäe, que "quié" "Pai"?

Enara Castro

 

Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconióticado

Não deu para memorizar, então colei.

Luiz Gonzaga Tessarine

 

Flerte

Coitada! Queria avisar da braguilha aberta.

Luiz Gonzaga Tessarine

 

Pau-de-virar-tripa

Disse a gordinha, invejando a magrela.

Luiz Gonzaga Tessarine

 

Efêmero

Percebeu: sou passageiro.

Desembarcou no sanatório.

Nelson Fabio Feitosa

 

Morte

Saí para almoçar. Não me esperem.

Marcelo Furtado Guido

 

Destino

Tudo está escrito... A lápis.

Marcelo Furtado Guido

 

Condensação

Castrei o verbo. Fi-lo Twitter.

Marcelo Furtado Guido

 

Felicidade

Chovia! Mas aqui dentro fazia sol.

Maria Ercilia Piazzetta Pellissari

 

Éden

Comeu a maçã, depois chorou pitangas

Thelma Oliveira

 

Prometeu

- Esse fígado é seu?

- Não, Zeus!

Thelma Oliveira

 

Geologia

Cavernas: grutas, onde as pedras choram...

Thelma Oliveira

 

Pobre

Quando compro esta revista, não almoço.

Bernardo Bittar

 

08/01

D.R.

Era vidro, quebrou. Doce, acabou.

Natália Nolli Sasso

 

Despedida

Jaz João: jogava, brigava, devia.

Natália Nolli Sasso

 

Homenagem

Descansa Maria: apartava, pagava, cansou.

Natália Nolli Sasso

 

Cotidiano

Poder moribundo entre uma falange canibal.

Marco Vinicius Colletes Gaiotto

 

Sincopado

Acordo mortal, disposto, e vou dormir.

Marco Vinicius Colletes Gaiotto

 

Reticências.

Conforme eu disse, pensando e mudando.

Marco Vinicius Colletes Gaiotto

 

Tombo

Pensando subir escadas, descia os degraus.

Eni Maria Martin de Carvalho

 

Vento

Desviou rumos, despetalou flores

Eni Maria Martin de Carvalho

 

Desilusão

Sobrou na face um sorriso incerto.

Eni Maria Martin de Carvalho

 

Fim

Penso que a morte inexiste. Fim !

Sérgio F. Guarischi Bath

 

Amada

Beijo suas tépidas pálpebras ambivalentes.

Sérgio F. Guarischi Bath

 

Tempo

Escorre lentamente. Espero, nunca é agora.

Sérgio F. Guarischi Bath

 

09/01

Classificados

Negócio Fechado? Então... abro as pernas!

Silvio Marcos dos Santos

 

Virgindade

Vou embora para nunca mais voltar.

Iury Abreu Tavares Batistta

 

Epitáfio

Vivo, procurou não incomodar.

Adriana Riva Gargiulo

 

Diário

Pratiquei meus quinze verbos de costume.

Anderson Luís Petroni

 

10/01

Desejos

Na língua insaciada, tetas tesas, arrepiadas

Célio Govedice dos Santos

 

Cegueira

Sem óculos, viu o mundo melhor!

Célio Govedice dos Santos

 

Caindo

Paraquedas não abriu... puta que pariiiiiiuuu!

Célio Govedice dos Santos

 

Bronca

- Resfriado de novo, meu filho?

- Dão.

Luiz Antonio de Queiroz

 

Recolher

Surdo, abriu a janela. Cegou.

Luiz Antonio de Queiroz

 

Leãozinho

Era uma vez outro... ufa, dormiu.

Luiz Antonio de Queiroz

 

Enfarto

Abra seu coração! Antes do cardiologista...

Rui Simão Favero

 

Rrrrrrrrrronaldinho!!!

Olha o que ele fez!!!

Rui Simão Favero

 

Mentira

Disse com sinceridade! Eu nunca menti!!!

Rui Simão Favero

 

Dinossauros

Quando despertaram,

os clichês ululavam.

Jorge Edson Soares da Cruz

 

Descrentes

-Amarelo.

-Verde.

-Azul.

Ninguém mais acredita.

Maria Eduarda do N. Gravina Job

 

palavradentro

Transfor mar

onde mejo go

tapinga.

Maria Eduarda do N. Gravina Job

 

Escrever

Ih. Transbordei no papel.

Maria Eduarda do N. Gravina Job

 

Viciado

Aí, eu apanhei que nem cachorro.

Rafael Apetz Bressan

 

Cotidiano

Meu trabalho é estressante.

Rafael Apetz Bressan

 

Culposo

Vi morrer, mas não matei.

Rafael Apetz Bressan

 

“Putsch”

Virada a casaca virou a canoa.

Lúcia Medeiros

 

Liberdade

Agora já posso falar: Marisa

Sueli Brás Monteiro da Palma

 

Sonho

Busquei o meu: fui à padaria

Sueli Brás Monteiro da Palma

 

Férias

Choveu: recorri ao ócio criativo

Sueli Brás Monteiro da Palma

 

11/01

Putaria

Relações amorosas sem dar quaisquer satisfações.

Daniel Caldeira de Melo

 

Sabedoria

Viveu de verdade:

era um mentiroso.

Manoel Marcos Guimarães

 

Presença

Vamos? Veríamos, vaiaríamos e vazaríamos.

Tatiana Andrade

 

Conversa

Foi no ponto?

Nem te conto.

Tatiana Andrade

 

Chefe

Carne, tempero, panela, fogo, prato, pronto!

Tatiana Andrade

 

Queda

É Murph quem desamarra meus sapatos.

Ana Flávia Teixeira

 

Encontro

No bolso, o sorriso amarelo.

Ana Flávia Teixeira

 

Futuro

Esqueço as linhas das mãos.

Ana Flávia Teixeira

 

Adúltera

Após morte precoce, viva consola amante.

Robledo Ferreira de Castro

 

Imprudência

Três doses. Dois carros. Uma morte.

Robledo Ferreira de Castro

 

Prostituta

Impedida de amar, vende seu amor.

Robledo Ferreira de Castro

 

Brontofobia

E, bababadalgharaghtakamminarronnkonnbronntonnerronntuonnthu
nntrovarrhounawnskawntoohoohoordenenthurnuk! Joyce embaixo da cama.

Marcos Ferreira Vilela

 

Câmera

Sorria. Só Lisa ali estava.

Marcos Ferreira Vilela

 

Azar

A casa queimava. Eu morria.

Marcos Ferreira Vilela

 

Sogra

Muito atrapalha quem sempre ajuda.

Marco Antonio Ottani

 

Separação

Acordou só, rindo: “foi tarde, safado”.

Sindy Uiara Molina

 

Drogada

Andava viajando. Último destino: Vila paraíso.

Sindy Uiara Molina

 

Sexo

Aventura na sacada: sucesso no youtube.

Sindy Uiara Molina

 

Reencontro

Eu queria te falar tantas coisas ...

Tiago César Dezotti

 

Stardust

Onde fica o coração do centauro?

Tiago César Dezotti

 

Palanque

Pegaram você no caminho do meio.

Tiago César Dezotti

 

Imperdível

Só hoje: promoção em casamentos espontâneos!

Elisama Priscila Reges de Faria

 

Meninas

Venda: tinta branca; pincel e cavalo.

Elisama Priscila Reges de Faria

 

Mundo

ler: imaginar, voar;

Acordar: cair, desesperar.

Elisama Priscila Reges de Faria

 

Vida

Sonho do sonho de um sonho.

Luciano Machado Tomaz

 

Morte

Apagar das Luzes no último ato.

Luciano Machado Tomaz

 

Liberdade

Arma apontada: alvo, o destino.

Luciano Machado Tomaz

 

Mosca

- Vidraça sem fresta amassa-me a testa!

Sidney Bretanha

 

Infelizes

Gemido fingido no ouvido do marido.

Sidney Bretanha

 

Descoberta

Sultão no harém... Flagra! Era Viagra!

Sidney Bretanha

 

Trilho

Dormiu no trilho. Acordou ao apito.

Marcos Fidalgo

 

Rindo

- Rio de Janeiro?

- Rio... até Dezembro!

Flávio José Teixeira de Almeida

 

Sombra

foi tudo que restou de mim

Flávia Martin Bocaletto

 

Ilusão

acendia fósforos, mas ao vento

Flávia Martin Bocaletto

 

Fim

neste mundo mórbido não deixarei vestígios

Flávia Martin Bocaletto

 

Cacilda

Seis vezes mãe. Buscava a perfeição?

Célia Ribeiro de Aguiar

 

Domingo

Saída do rodízio

O efeito estufa

Pedro Henrique Varoni de Carvalho

 

Casamento

___ Sim!!!

___ Sim!!!

___ Felizes?!

___ Infelizes?!

___ Pra sempre??!!

Silvio Marcos dos Santos

 

Matusalém

- Meu neto, dá cá teu neto!

Allyson Veras

 

Enem

Remendo novo em roupa velha.

Kátia França

 

POETA

Inteligente, pensativo, átomo filósofo, medíocre consciente.

Fernando José Thompson Scalamandré

 

Atenção

Universo sem freios, obstáculos à frente.

Fernando José Thompson Scalamandré

 

Religião

Obtusa racionalidade, apazigua medo persistente.

Fernando José Thompson Scalamandré

 

Palavras

Bastam seis para dizer algo inteligente.

Paulo André Carrard

 

12/01

Morte

O cemitério não quis, quem quer?

Marcela Giacchini Kloth

 

Jazzzzzzzzzz

Dormiu ouvindo Ella.

Sérgio Marcelo Rico

 

Espólio

Do baú, mais poeira que lembranças.

Daniel Burkle Ward

 

Gordo

Tarde prum regime: obesidade mórbida.

Daniel Burkle Ward

 

Ressaca

Acordou. Estava morto. Retomou seu sono.

Daniel Burkle Ward

 

Fama

Concorri. Escrevi meu nome na Piauí.

Wilson D’Avila Bitencourt Filho

 

Oblíquo

Me, mim, contigo. Te, ti, comigo!

Diego Pajeú

 

Governo

Aqui em Brasília, isso é lenda

Bernardo Bittar

 

Amantes

Amaram, nasci. Amei, sofri. Desamei, morri.

Aline de Cássia Lima dos Santos

 

Eulogia

Ela era eu que me esquecia.

Patrick Gert Bange

 

Criação

Só seis palavras...Faltam três...Eureca!

Keila Tamires Melo Martins

 

Conquista

Forjar entreolhares acidentais. Sorrir. Repetir operação.

Keila Tamires Melo Martins

 

Ironia

Despedido! Por que? Nada fiz! Justamente...

Keila Tamires Melo Martins

 

Precoce

Beijo... Foi bom pra você?

Alex Castro de Brito

 

TIM

Oi? Alô?.. Droga!

Alex Castro de Brito

 

Cataratas

Na Garganta do Diabo, engoli seco.

João Gratuliano Glasner de Lima

 

Separação

Era minha cara-metade, levou metade.

João Gratuliano Glasner de Lima

 

Possessiva

O amor nos tempos de coleira.

João Gratuliano Glasner de Lima

 

Coitado

Pingo pingado esparramado cai  língua gato.

Nelmara Cosmo

 

Vestibular

Quase morreu de ansiedade... passou.

Aspázia Barcelos

 

Ilusão

Sonhei na vida; acordei nos sonhos.

Maurinéa Litério Cáceres

 

Além

Bebeu. Andou. Tropeçou. O carro excedeu.

Maurinéa Litério Cáceres

 

Opção

Eternos sonhadores, fatalmente poetas. Nós, espectadores.

Maurinéa Litério Cáceres

 

Piauí

Estado? Não, estalo. Estirpe? Vieira.

Margaret de Palermo

 

Cúmplice

- Matei.

- Eu sei.

Paula Kaori Nishijima

 

Inocência

Nasceu com. Morreu sem.

Paula Kaori Nishijima

 

Superação

Um dia de cada vez.

Paula Kaori Nishijima

 

Casamento

Sim! E beijaram-se para sempre.

Maria Luiza Lima Almeida

 

Primeiro

TUM TUM, TUM TUM... SMACK... ECA!

Maria Luiza Lima Almeida

 

Geni

Maldita, bendita quando conveio e maldita.

Maria Luiza Lima Almeida

 

Curva

Cecília, a sós o infinito conclui-se.

Gustavo Veiga Adolfs

 

Autópsia

Exceto o corpo, todo resto morto.

Fabio J. Monteiro de Souza

 

Cachalote

Baleia ao mar, arpão no ar.

Thiago Pinto de Andrade

 

Infinito

De tão grande, não coube aqui.

Thiago Pinto de Andrade

 

Beleza

Púdica, chegou sozinha, foi-se acompanhada.

Thiago Pinto de Andrade

 

Fé!?

- Glóriaaaa!

- Moneeeeey!!!

- Cruz...

- Por você!!!

- Credooooo!!!

Silvio Marcos dos Santos

 

Distante

Sertão: Pés descalços. Solo árido. Solidão.

Vanessa Maria Rodrigues

 

Nostalgia

História feita. Só não publicada aqui.

Vanessa Maria Rodrigues

 

Segunda-feira.

Elevador abarrotado, nenhum espaço pra dor.

Erica Salatini

 

Casamento.

Barulho de liquidificador mata borboletas solitárias.

Erica Salatini

 

Nuvens.

Apesar do rancor, ele vinha vestido.

Erica Salatini

 

13/01

Solecismo

“Adeus.”

Quando voltou, trazia cigarros.

Guilherme de Azevedo Conte

 

Obesidade

Morrera magra como desejava, na lipoaspiração.

Bruno Cirillo

 

Cesária

Dando vida, ela deixara a vida.

Bruno Cirillo

 

Laudo

Fora ele sua própria causa mortis.

Bruno Cirillo

 

Tortura

- Por que sim?

- Pois não.

Marcelo Chammas

 

Tabacaria

Come chocolates, Pequena. O Fernando mandou.

Julia Ciasca Brandão

 

Conforto

Não vou viver. Sol dá câncer.

Julia Ciasca Brandão

 

Batida

No poste, meu opala metálico azul.

Julia Ciasca Brandão

 

Banheiro

Silêncio. Tchibum. Odor fétido. Merdas acontecem.

Marcelo Almeida

 

Vesga

A Loira gostosa finalmente me olhou.

Marcelo Almeida

 

Timidez

Que...que...quer namorar comigo?

Marcelo Almeida

 

Calvino

Seis palavras para... o próximo semestrênio!

Cristina Campolina Vilas

 

Ascensão

Outrora, dizem, subversão. Agora, eleita, subsídio.

Gilmar Artur de Oliveira

 

Achado

Procurava emprego, encontrou bala perdida.

Gilmar Artur de Oliveira

 

Lógica?

Evoluiu na arte circense, trocou de picadeiro.

Gilmar Artur de Oliveira

 

Raridade

“Você está preso pelo crime cometido!”

Mateus Eduardo Falqueto

 

Importante

Leia, uma vez sequer, as instruções.

Mateus Eduardo Falqueto

 

Vida

O recheio do nascimento à morte.

Cassiano Branquinho de Paula

 

Jobim

Dando o tom, passarinhou a garota.

Lúcia Medeiros

 

Capitalismo

Rir por último é pior

João Luis Bizachi

 

Pop

Coca cola sem coca não cheira

João Luis Bizachi

 

Luã

Eu sou o sol @ com

João Luis Bizachi

 

Separação

- Fique!...

- ... Motivos?

- Tantos!...

- ... Quais?

- ... Fique!

- Adeus!...

François da Silva

 

Domingo

Aleluia!!!

Quem quer dinheeeirooo???

Goool!!!

Fantástico!...

François da Silva

 

Comunistas

Laços lassos;

Latos laivos:

Laia laica!

François da Silva

 

Mistério

Gritos. Corpo cai de prédio.

Clara Sznifer

 

Adoção

Criança loira linda mas paraplégica.

Clara Sznifer

 

Circo

Todos tão entretidos, esqueceram do pão.

Michele Matos

 

Sentidos

Bem te vi cheirando minhas flores.

Andressa Mattus Ribas

 

Criação

Nasceu, cresceu, lutou, lulicizou: presidenta.

Marianna de Araujo

 

Encontro

Jantarzinho. Musiquinha. Calçolão. Sobremesa? Maria mole.

Marianna de Araujo

 

Fim

No nono ano descansou. No Guarujá.

Marianna de Araujo

 

Flâneur

Ruas estranhas, pessoas desconhecidas; enfim: casa.

Breno Loureiro Giacchini

 

Democracia

Democrático: o que o ego aprova.

Adair Cardoso Pereira

 

Morte

morte, venha,não espere consentimento.

Silas Cezano

 

política

Política e ética, idéias opostas.

Silas Cezano

 

consciência

O bem e mal na balança.

Silas Cezano

 

Carona

Daltônico: “‘ verde”. Vinte anos paralisados.

Renan Rossi

 

Avaliação

“André foi beijado por Talita”. Ativa.

Renan Rossi

 

Rotina

Descansou no sétimo dia. Oitavo. Nono.

Renan Rossi

 

Dúvida

- E agora?

- Não sei.

- Então?

- Talvez.

Maribel Barbosa da Cunha

 

Compra

- Lindo!

- Caro!

Mulher leva.

Homem paga.

Maribel Barbosa da Cunha

 

Serendipidade

Revirando gavetas reencontrei a felicidade perdida.

Flávio Pannuti

 

Luxúria

Tinha orgasmos na zona de conforto.

Luís Valise

 

Gênesis

E, na sétima, fechou o dicionário.

Bernardo Maranhão

 

Indivíduo

O espelho, devolvera-lhe, enfim, alguns contornos.

Bernardo Maranhão

 

Honestidade

bebeu, saiu, matou, voltou, pagou, sumiu.

Bernardo Maranhão

 

Bruzundangas

Urubus barreteanos sobrevoam palácios em Brasília.

Paulo Rone Zampieri

 

Paulistano

Pedro: visão, concreto.

            visionar, afeto.

Paulo Rone Zampieri

 

Abundâncias

Minha vida de bunda, se abunda.

Paulo Rone Zampieri

 

Tatibitati

Papá tudinho pa buxa num pegá.

Antonio Carlos Gomes

 

Porco

Peido sim. Olfato dela é ruim.

Antonio Carlos Gomes

 

Janeiro

Nuvens Negras.Velhos caminhos. Ano novo.

Pedro Henrique Varoni de Carvalho

 

Rodando

Acelera. Freia. Acelera... Troca o disco.

Claudinei Alves Faria Junior

 

Incongruência

Não entrou. A porta estava aberta.

Claudinei Alves Faria Junior

 

Estrambótica

Deu com os burros n'água. Sexy.

Claudinei Alves Faria Junior

 

Orientação

Banheiro feminino (ainda) não(,) Trava.

Ana Carolina Santana Moreira

 

Conserto

Aos banheiros femininos, Travas(!).

Ana Carolina Santana Moreira

 

Locutor

Quis dizer inconstitucionalmente. Engasgou-se. Velaram-no silenciosamente.

Jodeval Duarte

 

Casamento

Não disse Sim. Espirrei. Digo Não!

Jodeval Duarte

 

Apóstolo

Vendia milagres. Milagrosamente nada acontecia. Aleluia!

Jodeval Duarte

 

Averbação

Sem nada mais declarar, amputa língua.

Gustavo Fattori

 

Leia

São seis palavras e seis leituras.

Bruno Torquato

 

Incidente

Estampidos. Pânico. Corpo estendido. Retórica muda.

Aldo Aldesco Escobar

 

Equinócio

Com pompa, Kukulcán desce a pirâmide.

Eduardo Hernandes

 

Edipianas

Mãe, por que me abandonaste?

Eduardo Hernandes

 

Anamnese

- Dói aqui?

- Não.

- E aqui?

- Safado!

Eduardo Hernandes

 

14/01

Palavra

Mal dita

não quer

ser.

Larissa Minghin

 

Ser

Minha alma

não tem

celulite.

Larissa Minghin

 

Pedaço

Saudade baby;

não parte,

inunda.

Larissa Minghin

 

Extremidade

A boca d'um

Cú d'outro

 

Lado

Daniel Borges

 

Desromance

Entreolharam, começo feliz. Estapearam, triste fim.

Carolina Raposo de Andrade Gomes

 

Fórmula

2 gotas de suor,  prazer.

Carolina Raposo de Andrade Gomes

 

Sexo

Recursos humanos = Percurso corporal

Carolina Raposo de Andrade Gomes

 

vem

Chegue,

achegue,

aprochegue-se,

aconchegue-se

e chamegue-me.

Mateus Ferreira Veloso Lima

 

leme

Vê-me,

vento?

Leve-me,

leve,

lento.

Mateus Ferreira Veloso Lima

 

luto

Vida,

sempre bem-vinda,

tão mal ida.

Mateus Ferreira Veloso Lima

 

Paralisado

Filtrava sonhos, Escondia pedras, Despertava almas…

Gustavo Siqueira

 

Arca

Submerso, acabou por descobrir o amor.

Gustavo Siqueira

 

Poesia

Penetra abismos, revela cores, transmuta almas.

Gustavo Siqueira

 

Adolescência

Chegou, beliscou e partiu: inseto inútil!

Cassio Barros

 

Dilma

Nunca chorou. Nasceu com lágrimas petistas.

Cassio Barros

 

Amanda

Whisky, charuto, blues... Desilusão? Talvez.

Cassio Barros

 

Confirmação

Piscada de caolho é cegueira momentânea.

Diego Alejandro Molina

 

Espanto

Doutor, ainda acordo atrás dos olhos.

Diego Alejandro Molina

 

Perversão

- Pago para ver.

- Mas estou pelada!

Diego Alejandro Molina

 

Sonho

Fui dormir eu e acordei nós.

Marlos Degani Coutinho

 

Nonsense

Cego, esbanjava tato. Virou massagista político.

Paulo Martins Magalhães

 

Semáforo

Verde, pensou. Amarelo, arriscou. Vermelho sangue.

Denivaldo Piaia

 

Alerta

Formigas em procissão: doce no chão.

Denivaldo Piaia

 

Divórcio

Ela falava, ele pensava. Assim acabou.

Denivaldo Piaia

 

Esquina

O corpo vermelho agora não vai.

Daniela Cucolicchio

 

Lembrete

Não esquecer da cachorra no bagageiro.

Daniela Cucolicchio

 

Ouvido

Tratou de tapar bem tapadinho.

Daniela Cucolicchio

 

Onanismo

Como o ar

Leonardo dos Santos Gomes

 

Matemática

No recreio, falávamos de assuntos infinitos

Leonardo dos Santos Gomes

 

Carisma

Cerveja gelada. Perfume amadeirado. Dois olhos.

Leonardo dos Santos Gomes

 

Elegante

Pele preta. Terno de linho branco.

Paulo Lencina

 

Lápide

Confirmado: existe vida antes da morte.

Paulo Lencina

 

Abstinência

William e Paolo não aguentavam mais.

Caio Heleno da Costa Pereira

 

Procrastinação

Impreterivelmente hoje, sem mais delongas e...

Caio Heleno da Costa Pereira

 

Dieta

Ah, a Alemanha: cerveja no almoço!

Caio Heleno da Costa Pereira

 

Ironia

Gatos também têm dentes caninos

Leonardo Silveira Ritta

 

Dorian

Procura-se quem pinte retrato amaldiçoado.

Maíra Geraldo Figueiredo

 

Basil

Procura-se modelo. Corre-se risco.

Maíra Geraldo Figueiredo

 

Tanatianas

Sosseguem, moribundos! A morte é psicossomática.

Vivian Eduardo Hendler Mauger

 

“A”

vida é uma droga. Sou usuário.

Vivian Eduardo Hendler Mauger

 

Incontinência

Ladrão de palavras é pego falando.

Vivian Eduardo Hendler Mauger

 

Confissão

Quando a dizer verdades, mentiroso confesso.

Renato Jacques de Brito Veiga

 

Crianças

Garotinha: “- Papai, porque você é homem?”

Renato Jacques de Brito Veiga

 

Conclusão

A natureza segue autenticando a poesia.

Renato Jacques de Brito Veiga

 

Diálogo

Doido perguntando e ele mesmo respondendo.

Daniel Andrade Sanches

 

Concurso

Palavras demais o tiraram da competição.

Adrian Lincoln

 

Contenção

Ser conciso não consigo.

Palavras, desconfio.

Daniel Ruiz Garcia

 

Coerência

Vegetariano até o talo. Morreu entalado.

Paulo Martins Magalhães

 

Nunca

“Nevar no Nordeste? Never”

Antonio da Silva Chaves Neto

 

Entregada

- Chuva pra cacete.

- Chuupo!!!

Orlando Alves

 

Superego

Bonzinho bonzinho, mas manso-de-baixo.

Orlando Alves

 

Estocolmo

Cabeça de Velho, cativeiro da sabedoria.

Orlando Alves

 

Segredo

Meu querido diário, hoje virastes obituário.

Raul Felipe Schmidt Machado

 

Liquidificação

Sem amores, cachaças de sabores melalcoólicos.

Raul Felipe Schmidt Machado

 

Gramática

Seis palavras e um ponto final.

Raul Felipe Schmidt Machado

 

Regime

Não quero mais sabor de você.

Ítala Isis

 

Saudade

O que transborda aqui, pinga aí?

Ítala Isis

 

Deslizamento

Política imunda inunda. O mundo afunda.

Ítala Isis

 

Tiros

Vida e morte existindo ali, simultaneamente."

Tais Godoi Faraco

 

15/01

Ensaio

Escrever é pura masturbação do escritor.

Tais Godoi Faraco

 

Perversão

- Me fode?

- Não.

Adriana Riva

 

lucidez

Despida no escuro, atinou: paixão sombria

Aluisio Martins

 

curtição

Para vida curta, curtir a vida.

Antonio Onófrio

 

Eu

Nasci, cresci, morri em vão.

Rodrigo Rosa de Azevedo

 

Caminhando

Pela rua. Estranha agonia. É noite.

Francisco Ícaro Cipriano Silva

 

Mar

Desbravando o ponto mais profundo... Ar?

Francisco Ícaro Cipriano Silva

 

Pessoas

Não temo nada senão as pessoas.

Francisco Ícaro Cipriano Silva

 

“A” 

vida é uma droga. Sou usuário.

 

Tanateanas

Sosseguem, moribundos. A morte é psicossomática!

 

Verborrágico

Ladrão de palavras é pego falando.

Vivian E. Hendler Mauger

 

Parcimônia

Morte súbita em seis atos.

Angelo Hermeto Abi-Saber

 

Tanatofilia

Despida a morte, descobriu-a grávida.

Angelo Hermeto Abi-Saber

 

CtrlP

Imprimiu sua dor em papel couché.

Angelo Hermeto Abi-Saber

 

Crise

Lamentável amor,

fui vomitada em tosse!

Danielly Guerra

 

Colheita

Peito

feito

teu

leito

puro

aconchego.

Danielly Guerra

 

Sou

Vontade crua: É minha nua perdição.

Danielly Guerra

 

Arrependimento

Por ela enchi

forminhas de gelo

Scheyla Horst

 

Rotina

O Sol se colocou.

Para variar.

Scheyla Horst

 

Alzheimer

Lembranças, sonhos, segredos.

Liga o liquidificador.

Scheyla Horst

 

ViPTória

- LULA LÁ

- DILMA LÁ

- BOLSA CÁ

Vanessa Porfirio

 

Comulismo

- Companheiros e companheiras.... PETISTAS,UNI-VOS.....

Vanessa Porfirio

 

Democracia?

-Ô... abestado!

-Política “pão e circo”?

Vanessa Porfírio

 

Manchete

Sanguessuga hipertenso enfartou após sugar estressado.

Laércio Leonardo de Araújo

 

Outside

Surfista pipocou, hoje é bancário.

Laércio Leonardo de Araújo

 

Gravidade

Humanidade engordou. A Terra pesa mais?

Laércio Leonardo de Araújo

 

Lamento

Embora eu sofra, adeus faz-se necessário.

Leonardo André

 

Despedida

Adeus. Nossos caminhos agora são outros.

Leonardo André

 

Natividade

Nasci brasileiro; cresci poeta e sonhador.

Leonardo André

 

Condomínio

Ei... ó o auê aí ó !!!

Rodrigo Camargo

 

Romance

Brutalidade extrema do desfecho: o fim.

Rodrigo Camargo

 

Atrasado

Motorista dirige apressado para seu funeral...

Rodrigo Camargo

 

Pechincha

Cá entre nós, cinco basta.

Douglas Macedo Anholeti

 

16/01

Dejavú

Ano Novo. Vida Nova. Conta outra!

Clarissa de Castro

 

Ininteligível

Pós-Modernismo é exposição para divã.

Clarissa de Castro

 

Chico

Cálice! A Banda Vai Passar!

Clarissa de Castro

 

Carnaval.

Tolo tu não és. Quem és?

Alexandre Henrique Campos da Costa

 

Boêmia.

Canção triste que lhe irá somar.

Alexandre Henrique Campos da Costa

 

Pintura.

Teve piedade e carregou infinitos vazios.

Alexandre Henrique Campos da Costa

 

Divórcio

Ela era um doce. Ele, diabético.

Lucas Paio

 

Orquestrando

Soul, serei ou jazz era?

Geraldo Trombin

 

Heavy

Toda pedra no caminho vira rock.

Geraldo Trombin

 

Príncipe

Engoliu tanto sapo que virou um.

Geraldo Trombin

 

Pesadelo

Sonhei que estava só, acordaram-me.

Clarissa Errico

 

Enchente

Corri da chuva.

Enxurrada me engoliu.

Clarissa Errico

 

Biografia

Acordei pelo meio, dormi pelo fim.

Clarissa Errico

 

Pescador

Preciso: barco, motor, mulher. Nessa ordem.

Maxwell Franco de Moraes

 

Incredulidade

Deus, existes? Não, sou sua imaginação.

Maxwell Franco de Moraes

 

Dor

Antes, três. Agora, eu. Maldita bebida.

Maxwell Franco de Moraes

 

“Tenho todas,

até comprei para amigos”

Aécio Freitas Souza

 

Granizo

Deus existe. Jogou gelo no uísque.

Leandro Cesaroni

 

Brechó

- Um coração ousado nunca fica usado.

Leandro Cesaroni

 

Chico

A banda passou, mas eu fico.

Leandro Cesaroni

 

Sociabilidade

Mundo moderno: só tinha amigos virtualmente.

Jacyr Germano Garbin Neto

 

Licitações

Pac, Copa, Olimpíadas: haja transparência pública...

Jacyr Germano Garbin Neto

 

Verão

Chuva: tudo arruinou! Restou desolação... ESPERANÇA!

Jacyr Germano Garbin Neto

 

Lixo

- Engravatados nas ruas, inundações na capital.

Carlos Eduardo Paulino Murta Café

 

Bombando

- Estrela espirra desprevenida – amanhã nas bancas.

Carlos Eduardo Paulino Murta Café

 

Morangos

- No balanço, descalças donzelas, cheque-mate cinza.

Carlos Eduardo Paulino Murta Café

 

Gata

Sai da frente, senão te cutuco.

Guilherme Póvoas

 

Proteína

As cloacas abrem, os ovos saem.

André Ranzatti

 

Misantropia

Conheci, amei, desamei e vivo sozinha.

Leticia Luciana Borges

 

Traição

A bílis invade o meu sangue.

Leticia Luciana Borges

 

Solidão

Meu tempo. Minha vida. Minha alegria.

Leticia Luciana Borges

 

#pénabunda

Entendeu, ou quer que eu desenhe?

Elena Toscano

 

#pénabunda

Precisamos conversar o taxi ta chegando...

Elena Toscano

 

#pénabunda

Viu aquela loira no meu Facebook?

Elena Toscano

 

Coerência

Éramos duas, depois quatro, agora seis.

Moacir Fernandes de Godoy

 

Desvario

Chovia a cântaros.

Um louco cantarolava...

Moacir Fernandes de Godoy

 

Claustrofobia

Apenas seis palavras? Desisto, sou claustrófobo!

Moacir Fernandes de Godoy

 

17/01

Odaragate

Penso, logo caetaneio.

Bárbara Ribeiro de Andrade Ramos

 

Diálogo

Um nome tão… tão… chão! Silêncio.

Bárbara Ribeiro de Andrade Ramos

 

Marchinha

1, 2 feijão com arroz ... 3, 4 piauí no prato!

Bárbara Ribeiro de Andrade Ramos

 

Prece

Te imploro uma dose, senão sufoco.

Marcelo de Jesus Phintener

 

Abutres

- Pauta qualquer coisa, inclusive carniça.

Marcelo de Jesus Phintener

 

Passatempo

A morte ladra; a vida passa

Marcelo de Jesus Phintener

 

Molho

Tomates atravessam a rua. Ploft, ploft!

Andre Maciel

 

Proporção

lacraias

na pia

torneira aberta,

                       catástrofe

Jeanete Ecker kohler

 

Anacoluto

no beco escuro

corria

atordoada,

livre

Jeanete Ecker kohler

 

Desencontro

             - um de óculos?

-passou sim, correndo

Jeanete Ecker kohler

 

Problema

Ela, problema ósseo. Eu? Problema ócio.

Rubem Rezende Leite Junior

 

Constatação

Jamais sorria. Tristeza? Timidez? Dentes cariados.

Sonia Aparecida Menegaz Thomaz de Aquino

 

Vingança

Manchete: insano vergasta amada com poesia.

Sonia Aparecida Menegaz Thomaz de Aquino

 

Assombro

Milagre! Mentecapto capta magia da mente.

Sonia Aparecida Menegaz Thomaz de Aquino

 

Existência

Se morri, por que estou aqui?

Alfredo TC Gomes

 

Partida

Veio o desespero, e você chegou

Alfredo TC Gomes

 

Dor

Cicatrizes abertas, tempo de reflexão

Alfredo TC Gomes

 

Escuta

Ouvi melhor quando liguei o silêncio.

Vera Lucia Azevedo Chmielewski

 

Águas

Em janeiro levarão março de roldão.

Vera Lucia Azevedo Chmielewski

 

Tempo

Usado pelo avesso e direito, sobra.

Vera Lucia Azevedo Chmielewski

 

Teatro

O empresário rindo

O artista chorando

Edison N. S. Brito

 

Mimimi

Concurso acabando. Será que ganho agora?

Hemeterio Rufino Cardoso Neto

 

Namoro

Fevereiro sem Carnaval: pipoca sem sal.

Hemeterio Rufino Cardoso Neto

 

Religião

Carpinteiro. Cruz fiado? Morre no prego.

Hemeterio Rufino Cardoso Neto

 

Melancolia

União temperada de tristeza e resignação.

Eduardo Dalcin

 

Solidão

Mexia seu anel, esperando sua hora.

Eduardo Dalcin

 

Ingratidão

- Puta velha, não mereces mais nada!

Eduardo Dalcin

 

Biscoito

Você está sem sorte.

Claudia Regina Bonotto

 

Roquenrou

Nascer, crescer e sertanejo universitário.

Claudia Regina Bonotto

 

Férias

Alagamento, deslizamento, desmoronamento: descanso em fim.

Claudia Regina Bonotto

 

Corno

“Não significou nada, meu amor. Eu juro!”

Caroline Borges

 

Carreira

Assistente, subgerente, gerente, "reengenharia", "outplacement", assistente.

Fausto Campani

 

Piranha

Gozou mesmo quando recebeu quatro garoupas.

Fausto Campani

 

PIB

Crescendo assim, quase custeará as consequências.

Fausto Campani

 

Correio

Lancei bilhetes ao mar. Resposta: Whisky.

Ana Carolina Rodarte

 

Infância

Mirei o mundo. Observei cataventos.

Ana Carolina Rodarte

 

Desperdício

Comi a galinha roubada. Vomitei quilates.

Ana Carolina Rodarte

 

18/01

Traição

Na DP, ocorrência decorrente: Maria esfaqueada.

Márcia Litério de Mello

 

Achados

Nos escombros da repressão, ideais soterrados.

Márcia Litério de Mello

 

Desiludida

Alimentava-se de sonhos recheados de insensatez.

Márcia Litério de Mello

 

Desilusão

- Volta.

- Não.

-Volta!

- Você me abandonou.

Everson Bertucci

 

Terra

Tinta fresca: não pise na grama.

José Paulo de Paula e Silva

 

Vozes

Bang!

-Tiro?

-É...  barulho de gente.

José Paulo de Paula e Silva

 

Lama

Trilha difícil.

Precisaremos um 6x6

José Paulo de Paula e Silva

 

Dor

Corre o RIO em JANEIRO. Lama. Leva.

Andréia Viviane Correa

 

Gaúcho

Guri do Flamengo de guaiaca cheia.

Andréia Viviane Correa

 

@vivideia.

ideia. Pensar é mudar de lugar

Andréia Viviane Correa

 

Gabiru

Teve filhos, plantou àrvores, mas analfabeto.

João Lorandi

 

Bandido

Matou duas vezes, na terceira, amou.

Cátia Cilene da Silva Chagas

 

Kafkatônica

Barata no quarto e insônia metamorfótica.

Cátia Cilene da Silva Chagas

 

Twitter

Em suma: “não te amo mais”.

Adriano Domingos Monteiro

 

Consolo

“bem-aventurado os que choram”, afirmou.

Adriano Domingos Monteiro

 

Desespero

Houve-se a tentativa precipitada de morte.

Adriano Domingos Monteiro

 

Petrópolis

Foram as gotas d’água...

João Lorandi

 

Orgasmo

Dezessete segundos antes de você.

Ana Lucia Castelo Branco Correia

 

Click

Jaz.Conversa colocada na lixeira.

Ana Lucia Castelo Branco Correia

 

Talento

Lesma, tartaruga, bicho-preguiça, segunda-feira.

Patrícia Silvério

 

Infração

usou 8 palavras des-propositada-mente e perdeu.

André Boniatti

 

reza

“pai nosso, por favor, acorde!” gritavam.

André Boniatti

 

divagação

ao som do mar eu rio.

André Boniatti

 

Domingo

Querida, já é meia-noite?

Carlos Eduardo Mariz Neves

 

Memória

- Quer anotar, senhora?

- Guardo na ideia.

Daniela Farina

 

Palestra

- Posso perguntar?

- Claro!

- Que horas termina?

Carlos Eduardo Mariz Neves

 

Sexo

- Deus, o que fizemos!

- Você? Nada.

Carlos Eduardo Mariz Neves

 

Temporal

Como se a chuva não caísse.

Ilana Lehn

 

Lembrança

Foi há tempo; pena que tanto.

Ilana Lehn

 

Marcas

A água levou. Lavou.

Ilana Lehn

 

Cicloturismo

Não viajo, degusto a estrada.

Marco Vicente Dotto Kohler

 

Biografia

Resumida vida,

em seis palavras caberia.

Marco Vicente Dotto Kohler

 

Se...

Minha vida toda passei

sezando talvez

Marco Vicente Dotto Kohler

 

Lama

Em chuva fluminense, morro vira rio

Arthur Lessa

 

Neymar

Sorrindo e exibido, exibiu seu futebol.

Arthur Lessa

 

Ronaldinho

Quem dá mais? Tem noitada boa?

Arthur Lessa

 

Tragédia

Água derruba pedras, casas e vidas.

Carina Paccola

 

Desnutrição

Nasceu prematuro e morreu de diarreia.

Carina Paccola

Trânsito.

Sinal vermelho. Observo troca de afagos.

Carina Paccola

 

Concurso

Ou é público, ou privado demais.

Grasielle de Oliveira Abrantes

 

Aliados

Sarney apoiou ditadura que torturou Dilma.

Guilherme Rocha

 

Espaço

Ficaram insípidos sem nunca terem entrado.

João Fernando Sobral

 

Insipidez

Se foram sem nunca terem saído.

João Fernando Sobral

 

Impertinência

Se foram sem nunca terem entrado.

João Fernando Sobral

 

V@idade

Acordei e postei: Bom dia! Acordei.

Thiago Campos Guimarães Rodrigues

 

Pão-dura

Deixar porta aberta/ É economizar fechadura.

Thiago Campos Guimarães Rodrigues

 

Vendo

Lindo. Vista mar. Preço: a combinar.

Thiago Campos Guimarães Rodrigues

 

Frustração

Era uma vez um final feliz.

Ricardo Gomes Batsta Ramos

 

19/01

Gregor

Homem vira inseto. Havaiana, ponto final.

Adriana Irigoyen

 

Cinderella

Boa noite. Quer experimentar o sapatinho?

Adriana Irigoyen

 

Saudade

Amor e amizade abandonam antiguas angstias.

Adriana Irigoyen

 

TILT

Obotãodoespaçonãofunciona.

Ricardo Fernandes Murad

 

Concreto

Eu quero ser Pauleminski. E ponto.

Ricardo Fernandes Murad

 

Monogamia.

PT? PSDB? Não! PMDB no altar!

Maurício Thomaz da Costa

 

Lulismo.

Sarney aqui, Sarney acolá.

Maurício Thomaz da Costa

 

Deputado.

Função? Não sabe, mas será um.

Maurício Thomaz da Costa

 

Senso

Perdi meus sapatos novamente. Maldita chuva.

Jamile Marcellino Rodrigues

 

Insignificante

Pedi que ficasse, gastei meu português.

Jamile Marcellino Rodrigues

 

Verdades

Sou implicante, implico com sua implicância.

Jamile Marcellino Rodrigues

 

Beijo

Olhei

Dancei

Cheguei

Perto

Beijamos

Beijando

Nelson Neto

 

Faço

Conheço, convido, amo, amanhece, Me apaixono.

Nelson Neto

 

 

Política

Eleger os piores é mais perverso.

Embla Rhodes

 

Peças

Dramaturgo bem pensando, teatro bom existe.

Embla Rhodes

 

Amor

Para sair do sufoco, só dinheiro.

Embla Rhodes

 

Efemeridade

O lápis escreveu...

... a borracha apagou.

Murilo Cleto

 

Inquisição

Lutou contra aquecimento global. Morreu queimado.

Felipe Saldanha

 

Finalíssima

Onze heróis contra onze escórias.

Luara de Almeida

 

Freudianos

Por que eu chamo Édipo, mãe?

Luara de Almeida

 

Original

Amor, vou comprar cigarros.

Luara de Almeida

 

Existencialista

Comeu a maçã podre. Nada aconteceu.

Taísa Szabatura

 

Distraído

Não viu o poste... viu estrelas.

Mauricio Henriques Marques Luz

 

Ditado:

Preposições e artigos cantam como palavras.

Roberto Marques

 

Seca:

Papai nasceu no Piauí. Nunca leu.

Roberto Marques

 

Tempo:

3x4, enfaro. 5x7, disparo!

Roberto Marques

 

sobressalto

Aí “bacana”, é um assalto!

Antônio de Pádua Barros

 

Obituário

Sara morreu. Vendo GOL usado.

Guilherme Hernandez Filho

 

20/01

Atropelamento

Olhe, sangue. Coitado, morreu sem saber.

Guilherme Hernandez Filho

 

Abandonada

Voltei mas não fico. Fui, amor.

Guilherme Hernandez Filho

 

Conto

Quem conta sempre aumenta. Ponto.

Douglas Barreto da Mata

 

Questionário

Idade?

Suficiente

Profissão?

Sobrevivente

Sexo?

Solitário.

Douglas Barreto da Mata

 

Porta.

Trancado por dentro. Engoli a chave.

Douglas Barreto da Mata

 

Cotidiano

Ônibus lotado! Gentileza?! Nem por obrigação.

Giovanna Migotto da Fonseca

 

Mocinha

Saiu vermelha, chorou. Depilara a virilha.

Giovanna Migotto da Fonseca

 

Pechincha

Arrancaram-lhe os olhos. Parcelou no cartão.

Giovanna Migotto da Fonseca

 

Fugiu

E não deixou nem a sombra.

Maria Ercilia Piazzetta Pellissari

 

Trágico

Água chegou. Rio passou. Tudo acabou.

Hanrrikson de Andrade

 

Doidivana

Amy, querida. Caprichou na batida: birita.

Hanrrikson de Andrade

 

4SQUARE

Não me interessa onde você está.

Hanrrikson de Andrade

 

Mancha

pequena no olho, imensa no mundo.

Evandro Marenda

 

Beijos

Nos teus beijos afogo meu desejo.

Marisabel Lehn

 

Azulidade

Céu azul, mar azul, vida azul!

 Marisabel Lehn

 

Caminhando

Caminho o caminho que já caminhei.

Marisabel Lehn

 

Tombo

- Caiu?

- De amores.

- Dói?

- Muito.

- Acontece...

Regina Ribeiro Mattar

 

Pensamento

Ainda bem que está escondido.

Grasielle de Oliveira

 

Quiproquó

- Tem dado?

- Hãã???

- De seis.

- Estpido!

Grasielle de Oliveira

Nostalgia

- Chefe, o cachorro comeu meu relatório.

Patrícia Carvalho de Sousa

 

ibope

Rá tá tá tá!

- Que audiência.

José Batista de Sales

 

Gulosa

Fala com o meu na boca

Anderson José Nasser Dias

 

Kerouac

Na estrada viveu a vida beat.

Douglas Carlos Vilela

 

Drummond

Gauche na vida, hermético na arte

Douglas Carlos Vilela

 

Lição

Treino, perco, choro, ganho, esforço e luto

Douglas Carlos Vilela

 

Contraste

Quando falta água

lavadeira come fogo

Anderson José Nasser Dias

 

Gulosa

Fala com o meu na boca

Anderson José Nasser Dias

 

Aberração

Caminhão de Formiga

cheio de bois

Anderson José Nasser Dias

 

Televisão

Olha para quem te come

Leonor Cazelato

 

Universal

Querido Deus

Livrai-me dos seus seguidores

Leonor Cazelato

 

Enfarado

Barriga cheia goiaba tem bicho

Leonor Cazelato

 

Matinal

O rato grande apodreceu na leiteira.

Luiz Fernando Fleck

 

Certezas

Um gato cego anda pelos telhados.

Luiz Fernando Fleck

 

Passatempo

Dia tá comprido. Tô sem mulher.

Luiz Fernando Fleck

 

Planeta

Cuida de mim, ou te devoro.

Barbara Barbosa

 

Família

Entra aí. Façamos nossos laços, amor.

Barbara Barbosa

 

Reforma

Despi-me. Que homem é esse?

Barbara Barbosa

 

Cotidiano

Poder moribundo entre uma falange canibal.

Marco Vinicius Colletes Gaiotto

 

Sincopado

Acordo mortal, disposto, e vou dormir.

Marco Vinicius Colletes Gaiotto

 

Reticências.

Conforme eu disse, pensando e mudando.

Marco Vinicius Colletes Gaiotto

 

Sono

Escuro, desapego.

Escuro, preguiça...

Escuro, sonhos.

Rodolpho dos Santos Carvalho

 

Afeto

15 minutos, 10 reais.

Yuri Vasconcelos Silva

 

Traição

Calafrio pelo perfume que não usa.

Yuri Vasconcelos Silva

 

Gênio

Dizia o idiota: não saber alivia.

Yuri Vasconcelos Silva

 

Proparoxítona

Clítoris? Clitóris? Ah, chupe o dedo.

Mileny Laskavski

 

Pilatos

O seu problema é problema seu.

Mileny Laskavski

 

Suicida

Encomende aqui sua coroa de flores.

Mileny Laskavski

 

Pendura

Vendo meu corpo. Aceito tele-sena.

Carlos Eduardo Reu

 

Acidente

O patrão faleceu. O motorista azedou.

Carlos Eduardo Reu

 

Desejo

Quero dinheiro. Amor sincero é consequência.

Carlos Eduardo Réu

 

Estuprada

Nasceu na ZL, morreu nos Jardins.

Pedro Leal Fonseca

 

Tragédia

Nadou, nadou, e morreu em casa.

Pedro Leal Fonseca

 

Alzheimer

Vó, nossa pele tão diferente... lembra?

Maurício Chichôrro Schutz

 

Romance

Ela, de portas abertas, diz: Vem.

Maurício Chichôrro Schutz

 

Prazer

Querida, em ti, quanto custa?

Maurício Chichôrro Schutz

 

Tragédia!

Enchentes, desabamentos.

Mortes!

Descaso, desídia!

Crime!

Rodrigo Dias Teixeira

 

Dieta!

Em uma semana, perdi sete dias.

Marcelo da Silva Batista

 

21/01

Sorte

Ela nasceu chorando e morreu sorrindo.

Lara Maria Tortola

 

2011

Ano Novo -> Lista nova = Vida igual.

Grace Bungenstab Alves

 

Obituário

- Povo Brasileiro. Causa: Falências Múltiplas.

Josenias dos Santos Silva

 

Insisto

Perseverança é a última que morre!

Luis Carlos Heringer

 

Parto

O par ria. Sim, ela paria!

Thien Spinelli Ferraz

 

Inovação

Revelação vista: ela anuviava a vida.

Thien Spinelli Ferraz

 

Encontro

- Olá!

- Ó, lá, pra mim, sim?!

Thien Spinelli Ferraz

 

Engaiolados

Em Frankfurt 6000 não levantaram vôo

Paula Monteiro

 

Aérocaos

Presos em neve branca como nuvem

Paula Monteiro

 

Amedontrado

Roberto tinha sonhos. Começo e Fim.

Marina Ribeiro Mattar

 

Alma

Arranha até ferir a pele.

Marina Ribeiro Mattar

 

Felicidade

Estava triste. Sorrindo com os lábios.

Marina Ribeiro Mattar

 

Pressa

Não gosta de esperar, chegue atrasado.

Luciana Stamato Ismael Fernandes

 

Falência

Pretérito imperfeito do verbo ter.

Cláudia Regina Barros Nascimento

 

Epitáfio

Cuidado com o cão.

Ricardo Lahud

 

Desconto

Impossível, o bebe é quase novo.

Ricardo Lahud

 

Livres

Versos fugidos, poeta doente, recompensa-se bem

Ricardo Lahud

 

Cárcere

Olhar preso em

você preso também

Priscila Magalhães

 

Gravidez

Eu beijo, Tu transas, Ele nasce

Priscila Magalhães

 

Espiã

Espartilho apertado.

Apertou o gatilho

Batom

Priscila Magalhães

 

Internet

Te amo. Só falta te conhecer.

Fernanda Fragoso Zanelli

 

Donzela:

Virgem, 80, procura: bonito rapaz rico.

 Fernanda Fragoso Zanelli

 

Assassinato:

Sem suspeitos. Viúva rica, recém casada.

Fernanda Fragoso Zanelli

 

Sobrevivente

Fracassou de tentar morrer como fracassado.

Edi Oliveira

 

Sadomasoquismo

Ele bateu, fodeu. Ela gemeu.

Edi Oliveira

 

Intercâmbio

Foi brasileiro. Chegou latino. Voltou americano.

Edi Oliveira

 

Síntese

Já fui poética, hoje sou patética.

Marisa de Azevedo Cruz

 

Independência

Liberdade é a minha escravidão!

Liane Maiara Flach

 

Saga

Nasceu, chorou, sorriu, sorriu, chorou, morreu.

Marcelo Maio Coelho

 

Surpresa

- Morreu?

- Morri.

- Bom?

- Depende do referencial.

Marcelo Maio Coelho

 

Extra

- EXTRA! EXTRA! O que era mesmo?

Marcelo Maio Coelho

 

Inocência

Não ouça saliências. Feche os olhos.

Thaiana Gomes

 

22/01

Escravidão

Negro não viu, branco vil.

Cláudio Afonso Pereira

 

Separação

Não teve casamento:

O cachorro morreu.

Guido André Sampaio de Araujo

 

Dilúvio

Não restou pedra

sobre a água.

Guido André Sampaio de Araujo

 

Viagem

Fui, vi

Voltei, descansei

Esqueci...

Guido André Sampaio de Araujo

 

Saudade

Da inteligência, do corpo, da essência.

Erickson Nobre

 

Augusto

Foi doença, poesia, era dos Anjos.

Erickson Nobre

 

Coitada:

- Ela nem tem sorte no jogo.

Vanessa Reis

 

Furto

Mas, poderia estar roubando.

Vanessa Reis

 

Pensou

Mulheres: art nouveau.

Homens: bauhaus.

Eu...?

Vanessa Reis

 

Brinquedos

Ficaram ali. Até o tempo devorá-los.

Diego Urbaneja

 

Volnei

Acordou. Vestiu. Saiu. Flagrou. Chorou. Desamou.

Diego Urbaneja

 

Vovó

Nem lembrava mais de seu aniversário.

Diego Urbaneja

 

Sedução

Subia-lhe imenso calor. Puro desejo. Entregou-se.

Lucia Vercesi Mader

 

Lucidez

Desista. Sapato apertado não costuma lacear.

Lucia Vercesi Mader

 

Desabafo

Mona Lisa, seu sorriso é depressivo.

Lucia Vercesi Mader

 

Mágica

Mulher cortada ao meio sobrevive. Aplausos.

Luiz Roberto Soares Gaspar

 

Classificados

Fende-se uma máquina de escrefer faltando letra.

Luiz Roberto Soares Gaspar

 

Errata

O homem errante desta vez acertou.

Luiz Roberto Soares Gaspar

 

Amor

Origem e fim, em si mesmo.

Milena Trevisan Pelegrino

 

Vida

Selva escura e se saída.

Milena Trevisan Pelegrino

 

Cotidiano

Transito. Quero seis pães? Bom dia!

Milena Trevisan Pelegrino

 

Desencontro

Gozou. Ele nem percebeu. Continuou fingindo.

Yannik Pinatel D´Elboux

 

Virtual

Tá aí? Tô. Então tá.

Yannik Pinatel D´Elboux

 

Desespero

Janela baixa. Falta corda. Sobra viver.

Yannik Pinatel D´Elboux

 

Poliglota

Habla! What? Qualquer coisa. Zé Finí!

Mariana Machado Aragão

 

Feijões

Três caroços. Um gigante. Ou(t)ro tolo.

Mariana Machado Aragão

 

Gestação

Ele. Ela. Cama. Breu. Gozo. Nasceu!

Mariana Machado Aragão

 

Comunicado

os lírios não abrirão no feriado

Tarcísio Lara Puiati

 

Ascensorista

ou dá ou desce

Tarcísio Lara Puiati

 

Diagnóstico

gostosa que dói

Tarcísio Lara Puiati

 

Inverso

Antes nunca do que tarde.

Sergio Cukier

 

Urso

Amigo peludo só dá susto. Corra.

Sergio Cukier

 

Paixão

Matou-se, queria morrer antes dela.

Paulo Cesar Marques Assumpção

 

Despedida

Fazia aniversário. Morreu depois da saideira.

Paulo Cesar Marques Assumpção

 

Pesadelo

Sonhou que morria. Nunca mais acordou.

Paulo Cesar Marques Assumpção

 

Sidnei

Fabrica cachaça. Se sobrar vende!

Ronaldo Ornelas

 

Zero

Gostava de mulher falsa. Falsa magra.

Ronaldo Ornelas

 

Paulodenini

Eternamente é ter na mente éternamente.

Ronaldo Ornelas

 

Liberdade

A gaiola, prende pássaro, canto foge...

Marco Aurélio de Oliveira Almeida

 

Paixão

Amar, desejar... Se consubstanciar... Depois... Festejar.

Marco Aurélio de Oliveira Almeida

 

Saudade

Noite transpira silêncio, a pele ausência.

Marco Aurélio de Oliveira Almeida

 

Congresso

Aumento Salarial: 62%

Vergonhoso?

Repugnante!!

Rodrigo Dias Teixeira

 

Inventário

Um coração dividido em três.

Thaiana Gomes

 

Tempestade

Divide seu guarda chuva com ela.

Thaiana Gomes

 

Venezuela

Novela colombiana proibida!

Vai trabalhar, Chávez!

Rodrigo Dias Teixeira

 

Brasil

- Ideologicamente somos híbridos culturais, entende?

- Não.

Sofia Carolina da Silva

 

Twitter

Simpatia é inversamente proporcional a unfollow.

Sofia Carolina da Silva

 

Oportunidade

Sonhou demais enquanto o celular tocava.

Sofia Carolina da Silva

 

Comemorando

Felizes, ainda que bobos alegres...

Regina Marta Santos Ribeiro

 

Marionetes

A elite governa

O povo concorda

Paulo Breno de Moraes Silveira

 

Preconceito

Esse conceito eu não aceito.

Paulo Breno de Moraes Silveira

 

Embaralhado

Por desleixo disléxico, deixo esse lixo.

Paulo Breno de Moraes Silveira

 

23/01

Vergonha

Escondia o choro culpando a chuva.

Wingliton Costa Bertulani

 

Restos

Ratos roíam orgulho. Aos homens, ruínas.

Wingliton Costa Bertulani

 

Menu

Suco de melão, ela e só.

Wingliton Costa Bertulani

 

Latria

Mãos ao alto. Sua última prece.

Márcio Januário Pereira

 

Gênesis

Deus à serpente: espelho, espelho meu!

Edweine Loureiro da Silva

 

Inverno

Neve que embeleza nossas almas

Tânia Maria Rodrigues-Peters

 

Vida

viver a loucura de cada dia

Tânia Maria Rodrigues-Peters

 

Beijar

Olhos fechados com a alma aberta

Tânia Maria Rodrigues-Peters

 

Percepção

Cabelo na cabeça.

Cabelo no prato.

Jeanne D’Arc de Faria.

 

Paixão

Amor novo dentro do coração velho.

Jeanne D’Arc de Faria.

 

Exame.

OAB.

De sangue.

Jeanne D’Arc de Faria.

 

Autobiografia

Poeta e boêmio, jamais consegui esquecer.

Ney Farias Cardoso

 

DNA

Olhou o bebê. Deveria amá-lo?

Ester Gammardella Rizzi

 

Baú

- Então, doutor?

- Seu marido sobreviverá.

- Ah...

Ester Gammardella Rizzi

 

Bagaço

Cortava cana. Mergulhado no álcool, soluçava.

Ester Gammardella Rizzi

 

Genesis

- O barco está afundando, Noé!

Tiago Tranjan

 

Meretriz

Consultou a cigana: encontraria seu amor?

Tiago Tranjan

 

Projetos

Ser astronauta; artista; advogado. Terminou desempregado.

Tiago Tranjan

 

Covardia

No trem, um bilhete. Despedidas escritas.

Jonathan Gonçalves

 

Bip!

Não perdeu parafusos. Roubaram o robô!

Alexandre de Castro Gomes

 

Mágico

Engolia sapos e cuspia marimbondos.

Alexandre de Castro Gomes

 

Laranjas

“O carcereiro é um saco!”

Alexandre de Castro Gomes

 

Queda

Pobre passarinho, à mercê das crianças.

Marcelo Saúde Belém

 

Fato

De tão vultoso, entrou pros anais.

Marcelo Saúde Belém

 

Visitinha

- Cafezim?

- Uai.

- Quede o pó?

- Badapia.

Marcelo Saúde Belém

 

Perdido

acabou na igreja

perdeu a fé.

Flauzina Isabela

 

Comilança

Cirurgia. Culpou o torresminho. Dois Stents.

Zulmar José Lopes de Vasconcellos

 

2050

Jente! Sege anekso novo acordo ortografico!

Leonardo Ribeiro

 

Momento

Belos lábios num oi mudo. Felicidade.

Hamilton Pires

 

Trégua

Era guerra. Ninguém morreu. Jogaram futebol.

Hamilton Pires

 

Possível.

Sim, amantes. Porém, separados pela dor.

Hamilton Pires

 

Movimento

No tráfego lento, tráfico intenso.

Rosana Banharoli

 

Finalmente

Problema solucionado: abortou. Morreram os dois.

Rosana Banharoli

 

Imortalidade

O salto mortal acabou no picadeiro.

Rosana Banharoli

 

Sifu

- ... pior, não consegui vaga

- Enem eu!

Alexandre Rosa

 

Sequela

- Já fumou?

- Fumei.

- Tragou?

- Não lembro.

Alexandre Rosa

 

Flagrante

- Fabinho que isso!?

- Exercício prá fimose  

Alexandre Rosa

 

Joana

Ouço, logo frito.

Carlos André da Cruz Silva

 

Tortura

Nem choque nem saco. Música sertaneja.

Carlos André da Cruz Silva

 

Passional

Um mais dois igual a um.

Carlos André da Cruz Silva

 

Previsão

Encosta, construção, temporal, calamidade, nessa ordem.

Ernesto Shuji Izumi

 

Dilúculo

Larga a lagarta a lacrada crisálida.

Diego Martins de Paula

 

Amargura

Taça de sono: café sem açúcar.

Diego Martins de Paula

 

Pupila

A noite insulada pelo outono.

Diego Martins de Paula

 

Inventário

Nada:

tudo

que me resta.

Thomaz Ramalho

 

Anfitriã

Num abraço

me acolhera

a solidão.

Thomaz Ramalho

 

Lusofonia

Acordo ortográfico

mas muitos dormem

analfabetos.

Thomaz Ramalho

 

Previsão

“Amanhã fará frio dentro de mim.”

Romário Chaves

 

Família

“Filhos da mãe, meus irmãos queridos.”

Romário Chaves

 

Proposta

“Cutuca aqui que eu cutuco aí.”

Romário Chaves

 

Viuvez

Duas xícaras. Só ele toma.

Edelson Rodrigues Nascimento

 

Compactação

Mãos, pernas, cabeça: Lúcia na mala.

Edelson Rodrigues Nascimento

 

Roberta

Êxito cirúrgico: ele já ela.

Edelson Rodrigues Nascimento

 

unaninidade: este conto vencedor foi uó.

Vinícius Cássio Barqueiro

 

lamentável

lamentaram, pois o vencedor foi lamentável.

Vinícius Cássio Barqueiro

 

Velho

— Acordem-me quando terminarem mulheres e crianças.

Ricardo Augusto de Lima

 

Pseudodepressão

Ligou o chuveiro e fingiu chorar.

Ricardo Augusto de Lima

 

Cego

Tocar lhe dava um prazer incrível.

Ricardo Augusto de Lima

 

piauiense

mancada o conto piauiense ganhar, heim?

Vinícius Cássio Barqueiro

 

Vício

Foi dependente de oxigênio até morrer.

Nelson Sass

 

Parto

Sem alternativa, acabou indo longe demais.

Nelson Sass

 

Feto

Então chorou, vigorosamente, saudoso do passado.

Nelson Sass

 

Salário

O meu, no mínimo, com fritas.

Ari Marinho Bueno

 

Oásis

Ver a Piauí: ser tão água.

Ari Marinho Bueno

 

Parentesco

De longe: seres ofídicos, sangue quente.

Ari Marinho Bueno

 

Indecisão

O momento decisório chegará. Acho.

Esther Ramos Radaelli

 

Nós

Deveria ser de segunda pessoa.

Esther Ramos Radaelli

 

Vermelho

Com seis eu passo. Passei.

Esther Ramos Radaelli

 

Capixaba

Nem mineiro, nem carioca, nem baiano.

Ana Carolina Cometti Oliozi

 

Itaúnas

Areia. Areia. UMA CONCHA! Areia. Areia.

Ana Carolina Cometti Oliozi

 

Jornal

Cafés parisienses tocando funk e MPB.

Ana Carolina Cometti Oliozi

 

24/01

Abandono

Lar, doce lar. Adeus.

Luciana Marcelino

 

Suicida

À mamãe, que possibilitou minha morte.

Paulo Henrique Lopes

 

Divino

Cabra da peste, condenado desde pequeno.

Paulo Henrique Lopes

 

 

Paixão

Ontem era eu, hoje nem tanto...

Paulo Henrique Lopes

 

Rebelião

Olhos são carcereiros. Fuga de sentimentos.

Ana Carolina Goes Machado

 

B.O.

Roubou meu coração. Pior: continuo vivendo.

Ana Carolina Goes Machado

 

Relacionamento

De: Indiferença

Para: Amor

P.S.: Fim.

Ana Carolina Goes Machado

 

Alacridade

- Senhora, posso fechar a tampa?

- Rápido.

Renan Teixeira Q. de Oliveira

 

Esmola

Dez centavos? protestou o pobre ceguinho

Renan Teixeira Q. de Oliveira

 

Metrô

Abaixo da terra. Morte? Movimento.

Letícia Garcia

 

Modernidade

Abel tinha twitter, Caim não.

Leonardo de Souza Quintela

 

Coma?

Carnívoro inveterado, adoeceu irreversivelmente. Hoje vegeta.

Sérgio Bernardo

 

Saqueador

Aproveitando o incêndio, surfista pegava micro-ondas.

Sérgio Bernardo

 

Canibalismo

Maçã do rosto, batata da perna...

Sérgio Bernardo

 

Ingratidão

Punhos cerrados jamais atrairão pensamentos positivos.

Abner Martins

 

Contemporâneo

Tenhamos. Não personifiquemos o ter. Sejamos.

Abner Martins

 

Árvore

Espinhos não impedem o João-de-barro construtor.

Abner Martins

 

Campeonato

Resignado, mas ansioso,

Esperarei-te.

Uniformizado.

Marcus Vinicius Lins Gonçalves

 

Rebeca

Em seis palavras declaro: - Te amo!

Marcus Vinicius Lins Gonçalves

 

Professor

Inteligência com “i”, piá, o “i”.

Daniel Rebequi

 

Noite

Ceio, leio, seio, meio, durmo feio...!

Daniel Rebequi

 

Espelho

Olhou, chocou, calou, chorou, pensou, deixou...

Daniel Rebequi

 

Impasse

- Eu te amo.

- Querida, ele também.

Luís Dill

 

Asilo

Teve tudo. Agora nem cigarros.

Luís Dill

 

Janta

Devorei-a. Menos os olhos. Tão lindos.

Luís Dill

 

Fashion

Mania de comer quase todo dia.

Hugo Miranda de Araujo

 

Estilingue

Nunca chorei tanto em minha vida.

Hugo Miranda de Araujo

 

Direitos

Mas este humano, não sei não...

Hugo Miranda de Araujo

 

Canibal

Garçom! Uma Mariana Ximenes, sem batatas.

Angelo Renato Tiberio

 

Reencarnação

No fim, viu placas de retorno.

Angelo Renato Tiberio

 

Gordo

Descobriu, perplexo, um buraco na boca.

Angelo Renato Tiberio

 

Google

Quem procura acha...

Estou com sorte

Marcel Gugoni

 

Barragem:

Quem pronuncia meu nome, me insulta.

Fábio Antônio Dias Leal

 

2.0

Tentei acessar seu coração: estava offline.

Marco Aurélio Araújo Merlin

 

Impasse

Inútil discutir: o anão permanecia irredutível.

Marco Aurélio Araújo Merlin

 

Twitter

Tinha muitos seguidores e um psiquiatra.

Marco Aurélio Araújo Merlin

 

Novidade

Negócios da China aqui no Brasil.

Felipe Masquio de Souza

 

Desespero

Coitado! Não pôde sair a tempo.

Felipe Masquio de Souza

 

Infarto

Frango frito frente à televisão

Lucas de Castro Lisboa

 

Maresia

Ela amava e ele chamava Omar

Lucas de Castro Lisboa

 

Catolicismo

gosto é dos vinhos e pecados

Lucas de Castro Lisboa

 

Eu

Unhas vermelhas, grito: um resquício de vida

Paula de Souza Melech

 

Comilança

Olhar perdido. Feliz depressão pós-prato.

Rubens Takiguti

 

Motel

Levantou. Cuspiu. Saiu. Nem disse tchau.

Diego Oliveira Saldiva

 

Nonagenário

- Uma branquinha Miguel!

Morrera ali, sentado.

Diego Oliveira Saldiva

 

Bezentacil

- Não, é só uma picadinha filho.

Diego Oliveira Saldiva

 

Alemão

Complexo? é a paz vigiada.

Tássia Thais Rufino Pimenta

 

Teresópolis

Sem paredes, a casa cheirava morte.

Tássia Thais Rufino Pimenta

 

Petrópolis

Construção: 167 anos.

Destruição: 15 minutos.

Tássia Thais Rufino Pimenta

 

Tempo

3x4, enfaro. 5x7, disparo!

Roberto Marques

 

Letras

Cão curso literário beira o imaginário.

Roberto Marques

 

Remédio

Bala perdida não vem com bula.

Roberto Marques

 

Anoiteceu

Dois. Fumaça. Gritaria. Ele foi. Só.

Luciana Martinez

 

Segunda

Pão na manteiga, jornal lido. Começou.

Luciana Martinez

 

Tomás

pra bom inquisidor, meia blasfêmia basta.

Allan Ribeiro de Souza

 

Voraz

Casou virgem, enviuvou endríago.

Allan Ribeiro de Souza

 

Políticos

- Foi reeleito?

- Não! Terei que trabalhar.

Marcelo Façanha de Sá

 

Congresso

- Não fui reeleito. Terei que trabalhar.

Marcelo Façanha de Sá

 

Tragédia

Foi tudo por água abaixo.

Eliane Ratier

 

Escala

Partiu. Ela não era seu destino.

Eliane Ratier

 

Tédio

Nada, nada, nada, nada para fazer.

Eliane Ratier

 

Amor

- Sua voz irrita. Então, não geme!

Johnny Barbosa Faustino

 

Pressa

Sinal amarelo. Pedestre corre. Carro corre.

Johnny Barbosa Faustino

 

Ciclo

Deixou de ser filho. Virou pai.

Johnny Barbosa Faustino

 

Roleta

Bala na agulha. Que idiota!

Carlos Bruni Fernandes

 

Sampa

Água no escapamento.  Agora ferrou!

Carlos Bruni Fernandes

 

Azar

É o seu marido.  Minhas roupas!

Carlos Bruni Fernandes

Ana Carolina de Souza Campos

 

Carteiro

Quanta chuva! Quanta angústia desmanchada!

Ana Carolina de Souza Campos

 

Curto

Com seis palavras é possível? Evidentemente.

Ana Carolina de Souza Campos

 

Luz

Calma. Elas darão a todos.

Ana Carolina de Souza Campos

 

Brasil

Amarelo brigou com azul. Verde morreu.

Ana Paula de Souza Campos

 

Janeiro

Choveu, transbordou e alagou: virou Rio.

Ana Paula de Souza Campos

 

Anúncio

Multinacional procura empregados de fácil exploração.

Ana Paula de Souza Campos

 

Suicídio

Ahaha, então não aceitam devolução, é?

Milton Trezza Filho

 

Humanização

Levanta-te e anda, seu merda!

Milton Trezza Filho

 

Senhora

Senti do cesto seu sexto sentido.

João Vitor Lomeu Teixeira Barroso

 

Esquina

- Comprarei um maço de cigarros. Adeus!

João Vitor Lomeu Teixeira Barroso

 

2011

Blackout. Já inventaram rádio de pilha?

João Vitor Lomeu Teixeira Barroso

 

Adeus

Pode jogar minha chave fora.

João Eduardo Keiber

 

Avante

Entre esquinas, meu mundo se propaga.

João Eduardo Keiber

 

Eternidade

Era uma vez um relógio perpétuo.

João Eduardo Keiber

 

Marinheiro

Confesso que colocava esteróides no espinafre.

João Daniel Dantas de Oliveira

 

Fio-dental

Tira esse negócio da boca, menino!

João Daniel Dantas de Oliveira

 

Beliche

Amanheceu, bati a cabeça, como sempre.

João Daniel Dantas de Oliveira

 

Suicídio

O coração amarelo trôpego caiu: fim.

Bruno Vinícius Torres de Morais

 

Excesso

Bebeu vodka como bebeu amor demais.

Bruno Vinícius Torres de Morais

 

Fim

Quando acabou, a Cida estava morta.

José Carlos Mendes Brandão

 

Epitáfio

Até aqui me trouxe o mar.

José Carlos Mendes Brandão

 

Epílogo

Finalmente, o Zé partiu.

José Carlos Mendes Brandão

 

Miranda

Nos meus arregalados olhos de sol.

Jaqueline dos Santos Morais

 

Caubói

Sem laços por hoje. Rua!

Jaqueline dos Santos Morais

 

Procuro

Nem sombra a palavra deixou.

Jaqueline dos Santos Morais

 

Galeria

- É arte escatológica?

- Sim,pura obra!

Ige D’Aquino

 

Olimpo

Mitologia é a mitomania greco-romana.

Ige D’Aquino

 

Garganta

Devorava livros,engasgou-se com dicionários!

Ige D’Aquino

 

Destino

- Pra onde vou? Vem comigo.

Otavio Ranzani

 

Alzheimer

Não posso esquecer de te amar.

Otavio Ranzani

 

Brechó

Aceito sapato apertado. Cinto não, querida.

Otavio Ranzani

 

invejinha.

além de invejoso(a), tenta te enganar.

Igor Moura Gomes

 

retrato.

nunca vi ninguém triste em foto.

Igor Moura Gomes

 

modernidade.

- inteligente, não. eu quero ser gostosa.

Igor Moura Gomes

 

Separação

Vende-se casa, antigo lar.

Ciro Aguiar Viana Gonçalves

 

Trevas

Quanto menos sombra mais claridade

Sergio Rubim

 

Lembranças

Coisa da eternidade, aqueles dois.

Gabriela Coutinho Machado de Souza

 

Desilusão

A vida é volta de carrossel.

Gabriela Coutinho Machado de Souza

 

Férias

Dias que nunca dão pra tudo.

Gabriela Coutinho Machado de Souza

 

Yodarizar

como nos filmes a falar começa.

Lusenalto Andrade Filho

 

Curitiba

Tempo firme. Chuva, frio e calor.

Heitor Hayashi

 

Dançou

Foi, viu, morreu e não voltou.

Sérgio Rubim

 

Viver

a única coisa que lhe restava.

Wagner Willian Menezes de Araújo

 

Procuro

Morena brejeira, breja gelada, sol beringela.

Wagner Willian Menezes de Araújo

 

Política

Comédia da vida pública.

Wagner Willian Menezes de Araújo

 

Supermercado

Boa tarde. Débito ou crédito? Próximo!

Heitor Hayashi

 

Amnésia

- Qual é mesmo seu nome?

Xoxota.

Flávio Boaventura

 

Ópera

Dilacerou-a delicadamente em seis atos.

Flávio Boaventura

 

Argonauta

Fazer o bem sem olhar aquém.

Flávio Boaventura

 

Ex

Desesperado e ridículo teria sido humano.

Veronica de Barros Slobodian Motta

 

Pontos

Atrás um d'outro não dão pinta.

Caio Mello

 

Sarro

É borra de vinho não gozação.

Caio Mello

 

Amor

É contar até seis que acabou.

Caio Mello

 

Conjugação

Eu tu ele

Nós vós eles

Roni de Melo Piuchi

 

Discussão

- É homem!

- Mulher!

- Homem!

- Mulher...

- É...

Roni de Melo Piuchi

 

Enchente

Ano entra, ano sai... Nada muda.

Roni de Melo Piuchi

 

Indigente

Quadra três. Lote dois. Gaveta oito.

Heitor Hayashi

 

Lucidez

Viver paixões sem morrer por elas.

Alvaro Rodrigues Neto

 

Alzheimer

Você! É você? Saudades de você...

Telma Lia Peixoto Lauretti

 

Chuvas

RG, CIC, parentes, memórias na lama.

Telma Lia Peixoto Lauretti

 

CTRL-C

Planalto, Câmara, Senado. 2002 ou 2011?

Telma Lia Peixoto Lauretti

 

Gregório

Ninguém quis comparecer no seu velório.

João Raphael Ramos dos Santos

 

Fuga

Não imaginava, então o circo passou.

João Raphael Ramos dos Santos

 

Fotografia

Era perfeita, o negativo queimou.

João Raphael Ramos dos Santos

 

Chico

Joana Francesa. Cecília. Terezinha: minhas mulheres

Juliana Gesuelli Meirelles

 

Esperança

 - As trajédias do cotiano?

 - Renascimento!

Juliana Gesuelli Meirelles

 

Eu

Dia. Semana. Mês. Ano. Múltiplas vidas.

Juliana Gesuelli Meirelles

 

Dúvida

- Solidão tem plural?

Daniel dos Santos Coelho Silva

 

Diagnóstico

Vida: doença sexualmente transmissível.

Arthur Silva

 

Ironia

Aprendeu a tocar surdo, de ouvido.

Arthur Silva

 

Corrida

Sorriso no rosto, calo no pé.

Daiane Taís Schwantes

 

Gravidez

Você e eu, agora são três.

Daiane Taís Schwantes

 

Viagens

Uma mala, um problema.

Daiane Taís Schwantes

 

Saga

Sedentário, entrei na Academia. Virei Jedi.

Flávio Alfonso Júnior

 

Arte

Batucada no balde? Faltou guitarra.

Flávio Alfonso Júnior

 

@tutankamon

Escavações comprovam: egípcios inventaram a internet.

Flávio Alfonso Júnior

 

Garrincha

Nos seus pés um poema negro.

Pablo Thiago Bosco de Souza

 

Cigana

- Quem é?

- Ligação a cobrar.

Desliga!

Pablo Thiago Bosco de Souza

 

Chá

Camila minha camomila. Pele marrom... Delícia.

Pablo Thiago Bosco de Souza

 

Biociclo

Morreu. Ressuscitou. Morreu novamente: de susto.

José Carlos Aragão

 

Vidas

Cresceram e viveram juntos. Morreram sós.

José Carlos Aragão

 

Façanha

Lugar errado, hora errada: virou herói.

José Carlos Aragão

 

Beethoven

- Toca a Nona.

- Ahn?...

- NONA!

- Ahn?!

Fauze Zacharias Filho

 

Niemeyer

Água/ Viagra

Mergulha a mão mágica!

Fauze Zacharias Filho

 

Ela

Se amava mas não era correspondida.

Fauze Zacharias Filho

 

Vida

Nascimento.

Paixão.

Sofrimento.

Etc,

Nada mais.

Henrique Cananosque Neto

 

Ousadia

Ela.

Linda.

Apareceu.

Seduziu.

Amou...

Partiu.

Henrique Cananosque Neto

 

Fadiga

Fui.

Fiquei.

Cansei.

Voltei.

Henrique Cananosque Neto

 

Rosa

Nonada: Nomopadrofilhospritossantamêin!

Fernando Eckhardt Valle

 

Perplexo

Eu não sou nem uma pessoa.

Fernando Eckhardt Valle

 

Sorte

Ela nasceu chorando e morreu sorrindo.

Lara Maria Tortola Flores Vieira

 

Mundo

É um motel, pessoas se fodem.

Lara Maria Tortola Flores Vieira

 

Pós-modernidade

Curto tempo, exíguos espaços, seis palavras.

Josefina Moraes Arraut

 

Viajantes

do mar, som que ronda, ondas.

Josefina Moraes Arraut

 

Aflições

Desperto cedo, soterrantes pensamentos, mudo medo.

Josefina Moraes Arraut

 

Sequência

Nau ágil, nau frágil, naufrágio.

João Paulo Parisio

 

Epifania

Todos os porquês saíram voando.

João Paulo Parisio

 

Privação

Roíamos ratos antes que nos roessem.

João Paulo Parisio

 

Reparação

Depois de feito apareceram mil jeitos.

Armando de Lima Sardinha

 

Enluarados

Em Saturno poetas bígamos não adormecem.

Armando de Lima Sardinha

 

Seis

Ainda é hoje e posso contar.

Armando de Lima Sardinha

 

Jornada

Dez mil pés. Perdi você.

Reginaldo Neves Vieira de Andrade

 

Lembrança

Luz alaranjada do abajur no porta-retrato.

Cayyan Costa Menezes

 

Paralelo

Chuva lá fora, lágrimas nos olhos.

Cayyan Costa Menezes

 

Esqueceu

Menino pobre esperou, Noel não veio.

Cayyan Costa Menezes

 

Homenagem

Asfaltaram a rua. Ela virou esquina.

Bruno Scuissiatto

 

Afrodite

Pelada, ficou na mão.

Bruno Scuissiatto

 

Estação

Dedos úmidos. Lembrança da chuva.

Bruno Scuissiatto

 

Avalanche

Terra acumula, não saio, eu acabo.

José Guilherme Vasconcelos de Araújo

 

Vendaval

Mulheres, iates. Perdi tudo na loteria

José Guilherme Vasconcelos de Araújo

 

Encontro

Espero-te na escada de incêndio.

José Guilherme Vasconcelosde Araújo